02. Realizar as Devoções a SFX

O segundo Compromisso dos Membros da Confraria é realizar diariamente ou em certas ocasiões do Ano as devoções ao nosso santo padroeiro.
Estas ficam sob escolha dos Membros, quais deverão fazê-las, bem como sua frequencia.

As práticas devocionais recomendadas são:

  • (para todos os dias)


  1. Oração da Novena da Graça ( e mais outras)
  2. Hino de São francisco Xavier
  3. REGRA DE SÃO FRANCISCO XAVIER:
  • ( em certas Ocasiões)
  1. Novena da Graça (04 a 12 de março) ----- OBRIGATÓRIO
  2. Via-Sacra Devocional ( nas Quartas-feiras da Quaresma) --- RECOMENDADO
  3. Devoção das Dez sextas-feiras (livre)
  4. Ofício de São Francisco Xavier (07 de abril, cada dia 03 do mês ou  livre)
  5. Ladainha (em memória do santo, livre)
  • Celebrações
  1. NOVENA OU TRIDUO EM PREPARAÇÃO DA FESTA ( 24 Nov a 02 Dez)
  2. Missa Festiva em 03 de Dezembro


01 - Oração da Novena da Graça  
Contigo, SÃO FRANCISCO XAVIER, 
adoro a Deus Pai, agradecendo-lhe pelos imensos dons e graças
 que a ti concedeu em vida 
e pela glória que, hoje, tens no céu. 
E te suplico, de todo coração, 
que intercedas junto ao Senhor, 
para que Ele me dê a graça 
de participar da salvação de todas as pessoas, 
de viver e morrer santamente e, 
neste momento, de (pede-se a graça), 
segundo Sua vontade e para Sua maior glória. Amém
(Com Indulgencia anexa a Novena em 02 ocasiões do ano - 04-12 março e 25 Nov a 03 Dez.)

02 - Hino
Padroeiro das missões
Pelo mundo evangelizou
Batizando aquelas almas> BIS
Que distante encontrou

(Aqui*) te louvamos
Xavier homem de Deus
Suas graças te pedimos > BIS
Abençoe os filhos teus

O seu nome é Francisco
Xavier acrescentou
Pra nós intercedei > BIS
A graça do Senhor

Ref.

Na Espanha ele nasceu
Pro mundo se consagrou
Na França se converteu > BIS
Na Itália se ordenou

Ref.

Fundou os Jesuítas
Uma missão ele aceitou
De Portugal à China  >BIS
Em tudo ele pregou

Ref.

A face de Deus
Nele se revelou
No lugar onde passava >BIS
Multidão lhe acompanhou

Ref.
*aqui, pode substitui pelo nome do lugar, etc.

Modo de Rezar e Salvar a Alma:
Ordem e regimento que o bom cristão deve ter todos os dias, para se encomendar a Deus e salvar sua alma. / carta escrita em Goa, entre Junho e Agosto de 1548

Ordem que se terá, ao levantar da cama:
SINAL DA CRUZ
1. Primeiramente, acordando logo pela manhã, todo fiel cristão fará três coisas, as quais aprazem a Deus, sobre todas as coisas: a primeira é confessar a Santíssima Trindade, três pessoas e um só Deus, a qual somente os cristãos bem e verdadeiramente confessam, quando se benzem dizendo: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
2. A segunda coisa é confessar Jesus Cristo, Filho de Deus verdadeiro, dizendo o Credo, e crendo-o bem e verdadeiramente sem dúvidar, no qual se encerra toda nossa fé católica, o qual é o seguinte: Creio em Deus Pai, todo poderoso, criador dos céus e da terra; Creio em Jesus Cristo, seu Filho, um só Nosso Senhor; Creio que foi concebido do Espírito Santo e nasceu da Virgem Maria; Creio que padeceu sob poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; creio que desceu aos infernos, e, ao terceiro ressurgiu dos mortos; que subiu aos céus, está acentado à mão direita de Deus Pai todo poderoso; creio que dos céus há-de vir a julgar os vivos e os mortos; creio em um Espírito Santo; creio a Santa Igreja católica; creio o ajuntamento dos santos e a remissão dos pecados; creio a ressurreição da carne; creio a vida eterna. Amém, Jesus.
>>Protestação de Fé: (Oração de Contrição)
3. Verdadeiro Deus eu confesso de vontade e coração, como bom e leal cristão, a Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, três pessoas e um só Deus. Eu creio firmemente, sem dúvidar, tudo o que crê e tem a Santa Madre Igreja de Roma. Eu prometo como fiel Cristão, de viver e morrer em a santa fé católica de meu senhor Jesus Cristo. E quando à hora minha morte, não puder falar, agora, para quando eu morrer confesso a meu Senhor Jesus Cristo por Unigênito Filho de Deus, com todo o meu coração.
4. A terceira coisa é pedir graça ao Senhor Deus, para guardar dos 10 Mandamentos de sua santíssima lei, pois nenhuma pessoa se pode salvar sem os guardar – os quais se hão – de dizer pela manhã e, para cada um deles pedir graças ao senhor Deus para naquele dia e em todos os outros dias de sua vida, os cumprir e guardar como ele manda, pela maneira seguinte:
5. Os mandamentos da lei do Senhor Deus são 10, a saber: o primeiro é amar a Deus sobre todas as coisas; o segundo não jurarás seu santo nome em vão; o terceiro guardarás domingos e festas; o quarto honrarás o teu pai e a tua mãe e viverás muitos anos; o quinto não matáras; o sexto não fornicarás; o sétimo não furtarás; o oitavo não levantaras falso testemunho; o nono não desejaras a mulher do teu próximo; o décimo não cobiçaras as coisas alheias.
6. Diz Deus: os que guardarem estes 10 Mandamentos irão ao paraíso. Diz Deus: os que não guardarem estes 10 Mandamentos irão ao inferno.
 (Oração para Guardar os Mandamentos)
7. Oração (pela manha): Rogo-vos, meu Senhor Jesus Cristo, que me deis graça, hoje neste dia e em todo o tempo da minha vida, para guardar estes 10 Mandamentos.
8. Oração (pela manha): Rogo-vos, minha Senhora Santa Maria, que queiras por mim rogar ao vosso bento Filho, Jesus Cristo, que me dê graça, hoje neste dia e em todo o tempo de minha vida, para guardar estes 10 mandamentos.
9. Oração(à noite): Rogo-vos, meu senhor Jesus Cristo, que me perdoeis os pecados, que eu fiz hoje neste dia e em todo o tempo de minha vida em não guardar estes 10 Mandamentos.
10. Oração(à noite): Rogo-vos, minha senhora Santa Maria, Rainha dos anjos, que me alcanceis perdão, do vosso bento Filho Jesus Cristo, dos pecados que eu fiz hoje neste dia e em todo tempo de minha vida, em não guardar estes 10 mandamentos.
11. Acabada esta oração, dirá o Pai nosso e a Ave Maria e ao mesmo fará em cada um dos dez mandamentos por si: para que melhor se lembre; e para propor e procurar de guardar os mandamentos e se desacostumar de pecar nos mandamentos que não guarda; e para que pecando algum deles, conheça mais depressa o mal que faz e se arrenda mais cedo dos pecados que por costume comete.
E naquele mandamento em que mais compreendido se achar, pecando por mal costume, pedirá com grande dor e arrependimento de seus pecados, graça ao senhor Deus para, naquele dia e em todos os de sua vida o guardar. E trabalhara muito pela salvação de sua alma guardando os dez mandamentos, e porá todas as suas forças em se desacostumar de pecar neles, dizendo assim;
12. Eu creio, verdadeiramente que se a morte me tomar nalgum pecado, contra algum deste 10 Mandamentos que minha alma sera condenada às penas do inferno, sem nenhuma redenção. E também creio verdadeiramente que se a morte me tomar fora de pecado mortal e depois de me desacostumar de pecar contra os dez mandamentos contra os quais por mal costume peco, que o senhor Deus haverá misericórdia de minha alma por muito pecador que eu fosse, e me dará a salvação perpétua, que é agora do paraíso, fazendo primeiro penitência de meus pecados ou nesta vida ou no purgatório.


>>Ordem que se terá à noite, para pedir perdão dos pecados a Deus nosso Senhor:
13. Guardara o fiel Cristão quando quiser dormir tudo o que acima esta dito, examinando sua consciência dos pecados que naquele dia cometeu; propondo com a graça do Senhor a emenda deles; tendo propósito de se confessar a seu tempo. E porquanto o sono e a imagem da morte e muitos, que se deitara a dormir bem dispostos amanhecem mortos, direi, com grande  arrependimento de meus pecados, a confissão geral e me encomendarei ao Santo anjo da guarda. Direi desta maneira:
14. Eu, pecador muito errado me confesso ao senhor Deus e a Santa Maria e a São Miguel, o anjo e a São João Batista, e a São Pedro e a São Paulo e a São Tomé, e a todos os Santos e Santas da corte do céu, e a voz, padre, digo minha culpa que pequei grandemente por pensamento e por fala e por obra, do muito bem que pudera fazer e não o fiz, e do muito mal de que me pudera apartar e não me apartei. De tudo me arrependo, digo a Deus minha culpa, Senhor, minha culpa, minha grande culpa. Peço e rogo à minha Senhora Santa Maria e todos os santos e santas, que queiram por mim rogar a meu senhor Jesus Cristo que me queira perdoar dos meus pecados presentes, passados, confessados, esquecidos e que, daqui por diante, me de a sua graça, me guarde de pecar e me leve a gozar da glória do paraiso. Amém, Jesus.
15. Ó anjo de Deus que és minha guarda, pela piedade suprema a mim, a ti cometido, salva, defende e governa. Amem, Jesus
16. Rogo-te, Anjo bento, a cuja providência eu sou encomendado, que sempre sejas presente, em minha ajuda. Ante Deus Nosso Senhor, apresenta os meus rogos a suas mui piedosas orelhas, para que, por usa misericórdia e tuas preces, me dê perdão de meus pecados passados e verdadeiro conhecimento e contrição dos presentes, e aviso para evitar os pecados vindouros, e me dê graça para bem obrar e até ao fim perseverar. Afasta de mim, pela virtude de Deus todo-poderoso, toda a tentação de Satanás. E, o que não mereço por minhas obras, tu alcança por teus rogos por mim, ante Nosso Senhor, que em mim não haja lugar e mistura de alguma maldade. E se, algumas vezes, me vires errar o bom caminho e seguir os errores do pecado, tu provura de me volver a meu Salvador, pelas carreiras da justiça. E quando me vires em alguma tribulação e angústia, faz que me venha adjutório de Deus, por teus doces socorros.
Rogo-te que nunca me desampares, mas sempre me cubras e visites e ajudes e defendas de toda a fadiga e guerra dos demônios, vigiando de dia e de noite, em todas as horas e momentos. Onde quer que andar, guarda-me e acompanha-me. Isso mesmo e peço, meu guardador, que quando desta vida partir, não deixes que me espantem os demônios, nem me deixes cair em desesperação, nem me desampares, até me levar à bem-aventurada vista de Deus Nosso Senhor, onde eu, contigo e com a bem-aventurada Virgem Maria, Mãe de Deus, e com todos os santos, para sempre folguemos em a glória do paraíso, que nos dará Jesus Cristo Nosso Senhor, o qual com o Pai e com o Espírito Santo, vive e reina para sempre Amem.
>>Oração a Deus Nosso Senhor, à Virgem Senhora Nossa e a S. Miguel:
17. Ó meu Deus poderoso e Pai piedoso da minha alma, Criador de todas as coisas do mundo, em vós, meu Deus e Senhor, pois sois todo meu bem, creio firmemente, sem poder duvidar, que me hei-de salvar, pelos méritos infinitos da morte e Paixão de meu Senhor Jesus Cristo, ainda que os pecados de quando era pequeno sejam muito grandes, com todos os demais que tenho feitos. Vós, Senhor, me criastes e destes alma e corpo e quanto tenho. E vós, meu Deus, me fizestes à vossa semelhança, e não os falsos pagodes, que são deuses dos gentios, em figuras de bestas e alimárias do diabo. Eu arrenego de todos os pagodes e feiticeiros e adivinhadores, pois são cativos e amigos do diabo. Ó gentios, que cegueira e pecado é o vosso tão grande, que fazeis a Deus besta e alimária, pois o adorais em suas figuras! Ó cristãos, dêmos graças e louvores a Deus trino e uno, que nos deu a conhecer a fé e lei verdadeira de seu Filho Jesus Cristo.
18. Ó senhora Santa Maria, esperança dos cristãos, rainha dos anjos e de todos os santos e santas que estão com Deus Nosso Senhor no céu, a vós, Senhora, e a todos os santos, me encomendo agora para a hora da minha morte, que me guardeis do mundo e carne e diabo, que são meus inimigos, desejosos de levar a minha alma ao inferno.
19. Ó Senhor São Miguel, defendei-me do diabo, à hora da minha morte, quando estiver dando conta a Deus de toda minha vida passada.
20. Pesai, Senhor, os meus pecados com os méritos da morte e Paixão de meu Senhor Jesus Cristo e não com os meus poucos merecimentos: assim serei livre do poder do inimigo e irei gozar, para sempre, da glória do paraíso. Amem, Jesus.
>>Que coisa é pecado venial e por quantas coisas se perdoa. Que coisa é pecado mortal e como se perdoa:
21. Pecado venial não é outra coisa senão uma disposição de pecado mortal, e chama-se pecado venial porque levemente se há perdão dele. Perdoa-se por nove coisas: a primeira é por ouvir Missa; a segunda, por comungar; a terceira, pro benção episcopal; a quarta, por confissão geral; a quinta, por água benta; a sexta, por pão-bento; a sétima,, por bater no peito; a oitava, por dizer a oraçãop do pater noster, devotamente; a nona, por ouvir a pregação. Tudo isto com arrependimento.
22. Pecado mortal é querer, ou dizer, ou fazer alguma coisa contra a lei de Deus ou deixar de fazer o que manda. E chama-se mortal, porque mata o corpo e alma eternamente daquele que, sem dele [sendo mortal] fazer Penitência, faleceu. Pelo pecado mortal, perde o homem a Deus, que o criou, e perde a glória que lhe prometeu, e perde o corpo e a alma que lhe remiu, e perde os merecimentos e benefícios da Santa Madre Igreja, e perde mais os bens que faz em pecado mortal, porque não prestam para sua salvação, posto que aproveitem para o acrescentamento da saúde e bens temporais e para diminuir nas penas e para vir em conhecimento do pecado em que está, para sair dele. Porque, se o pecador se arrepende do pecado com propósito de não pecar, e se confessar ao tempo que manda a Igreja, este já está em verdadeira penitência e é capaz dos merecimentos e indulgências da Igreja, e os bens que fizer lhe aproveitam para tudo.
O pecado mortal se perdoa por quatro coisas: a primeira é por contrição; a segunda, por confissão de boca, com contrição, ao próprio sacerdote; a terceira, por satisfação de obra com contrição; a quarta, por propósito de não tornar mais a pecar, com contrição.
>>Oração da Vera Cruz:
23. Ó cruz bem-aventurada, que foste consagrada com o corpo de meu Senhor Jesus Cristo, e foste esmaltada de seu precioso sangue, peço-te, Senhor Jesus Cristo misericordioso, por virtude da tua morte e Paixão, que naquela sacratíssima cruz padeceste, me queiras perdoar meus pecados, assim como perdoaste o ladrão, estando tu, benigno Senhor, crucificado nela, e me dês vencimento contra meus contrários, e os meus inimigos queiras trazer a verdadeiro conhecimento que se arrependam. Amem, Jesus.
>>Como hão-de estar os meninos e meninas ao ouvir a Missa:
24. Sejam os meninos e as meninas ensinados como hão-de estar calados, na igreja. À confissão, estejam de joelhos; e à gloria in excelsis, estejam em pé; e logo à oração, em joelhos, afora entre Páscoa e natal; à epistola, estejam sentados; e ao evangelho, em pé, com grande reverência; e ao Credo, e dizendo Homo factus est, ponham os joelhos no chão. Ao prefácio, estejam em pé; e, depois do sanctus, em joelhos até ao cabo da Missa e tomar a bênção do sacerdote.
25. Também lhes ensinem pela manhã, antes que outra coisa façam, alguma devoção de algumas aves-marias e pater noster e Credo. Ao menos, três aves-marias em joelho: a primeira, à fé com que Nossa Senhora concebeu o Filho de Deus; a segunda, à dor quando o viu expiar na cruz; a terceira, ao prazer da ressurreição. Outro tanto à noite, antes que se deitem. E também ao meio-dia rezem alguma coisa, em memória da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo.
(Oração à Comunhão(missa)
26. Oração à hóstia: Adoro-te, meu Senhor Jesus Cristo, e bendigo a ti, que pela tua santa cruz remiste o mundo e a mim. Amém, Jesus.
27. Oração ao cálix: Adoro-te, sangue de meu Senhor Jesus Cristo, o qual foi derramado na cruz, para salvar os pecadores e a mim Amem, Jesus.
>>Lembranças aos que se desejam salvar:
28. Lembre-se todo o pecador que há muito grande diferença de pecar mortalmente, por costume, e pecar acidentalmente e não por costume. Saiba certo que é necessário deixarem os homens os pecados de costume, na vida, e não aguardarem para os deixarem à hora da morte, porque, aguardando a tal tempo, os pecados deixam aos pecadores e não os pecadores aos pecados; e, nestes tais pecadores, a justiça de Deus se manifesta, quando morrem, ficando condenados para as penas do inferno. Mas em os que acidentalmente e não por costume pecam, trabalhando de guardar os mandamentos, usa Deus de sua misericórdia com eles, à hora de sua morte.
29. Todas as orações, esmolas e benfeitorias, e trabalhos ordenados, e enfermidades sofridas com paciência, e as obras de misericórdia que cumprir, e todos os outros bens que fizer, serão ordenados a este fim, rogando ao Senhor Deus lhe dê graça: para se desacostumar de pecar contra os dez Mandamentos, nos quais por mau costume peca, pois para salvação da minha alma me é tão necessário desacostumar-me de pecar, porquanto os pecados de costume são os que levam os homens ao inferno.
30. Lembre-se todo o cristão da continua memória da morte e da brevidade dela, e da conta tão estreita que a Deus há-de dar de toda sua vida passada, quando morrer; e a lembrança do dia do juízo universal, quando todos, em corpo e alma, ressurgirmos; e das penas perpétuas do inferno, que nunca têm fim; e a lembrança da glória do paraíso, para a qual fomos criados. Todas estas coisas cuidadas, cada dia me ajudarão muito para me dispor a fazer agora o que à hora da minha morte queria ter feito, para ir à glória do paraíso.
Todo fiel cristão, que esta regimento guardar, ganhará nesta vida, com a graça do Senhor, a glória do paraíso.

(prático) COMO DEVE-SE REZAR
SINAL DA CRUZ
PAI NOSSO
AVE-MARIA
CREDO
CREDO (REPTIR PAUSADAMENTE CADA FRASE COM A MÃO NO PEITO)
MANDAMENTOS (EXPLICAR SOBRE A S LEIS E DESCREVE-LOS)
CREDO (EM VERSO CANTADO):
MANDAMENTOS
CONFESSAR.
CREDO (PERGUNTAR AS FRASES E ESCUTAR A FIRMAÇÃO)
EXORTAÇAO (ANIMADOR FAZER ORAÇÃO DA IGREJA )
CANTAR A VINDA DO ESPIRITO SANTO (OPCIONAL)
SALVE – RAINHA (CANTADO A PROTEÇÃO A SANTISSIMA VIRGEM)

SINAL DA CRUZ
CREDO
CREDO (REPTIR PAUSADAMENTE CADA FRASE COM A MÃO NO PEITO)
Verdadeiro Deus eu confesso de vontade e coração, como bom e leal cristão, a Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, três pessoas e um só Deus. Eu creio firmemente, sem dúvidar, tudo o que crê e tem a Santa Madre Igreja de Roma. Eu prometo como fiel Cristão, de viver e morrer em a santa fé católica de meu senhor Jesus Cristo. E quando à hora minha morte, não puder falar, agora, para quando eu morrer confesso a meu Senhor Jesus Cristo por Unigênito Filho de Deus, com todo o meu coração.
MANDAMENTOS (EXPLICAR SOBRE A S LEIS E DESCREVE-LOS)

o primeiro é amar a Deus sobre todas as coisas;
o segundo não jurarás seu santo nome em vão;
o terceiro guardarás domingos e festas;
o quarto honrarás o teu pai e a tua mãe;
o quinto não matáras;
o sexto não fornicarás;
o sétimo não furtarás;
o oitavo não levantaras falso testemunho;
o nono não desejaras a mulher do teu próximo;
o décimo não cobiçaras as coisas alheias.

CREDO (EM VERSO CANTADO):
1ª ESTOFE
"Jesus, Filho do Deus vivo; concedei-nos a graça de crer firmemente este primeiroartigo de fé; nós vos oferecemos, para a obter, a oração que vós mesmo nos haveis ensinado". PAI NOSSO...
2ª ESTROFE
"Santa Maria, Mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo, obtende para nós do vosso querido Filho a graça de crermos sem duvidar neste segundo artigo de fé". AVE-MARIA...
E assim seguimos todos os artigos, ajuntando a cada um a estrofe de canto e a recitação do Pater ou da Ave-Maria

MANDAMENTOS
(Cantamos*  a primeira encomendação,)
*"Jesus, Filho de Deus vivo, concedei-nos a graça de vos amar sobre todas as coisas; para a obter vos oferecemos a oração que vós mesmo nos haveis ensinado". PAI NOSSO...
*"Santa Maria, Mãe de Jesus Cristo, obtende para nós do vosso divino Filho a graça de observar fielmente esta primeira encomendação” (muda a cada mandamento)".AVE-MARIA...

E naquele mandamento em que mais compreendido se achar, pecando por mal costume, pedirá com grande dor e arrependimento de seus pecados, graça ao senhor Deus para, naquele dia e em todos os de sua vida o guardar. E trabalhara muito pela salvação de sua alma guardando os dez mandamentos, e porá todas as suas forças em se desacostumar de pecar neles, dizendo assim;
Eu creio, verdadeiramente que se a morte me tomar nalgum pecado, contra algum deste 10 Mandamentos que minha alma será condenada às penas do inferno, sem nenhuma redenção. E também creio verdadeiramente que se a morte me tomar fora de pecado mortal e depois de me desacostumar de pecar contra os dez mandamentos contra os quais por mal costume peco, que o senhor Deus haverá misericórdia de minha alma por muito pecador que eu fosse, e me dará a salvação perpétua, que é agora do paraíso, fazendo primeiro penitência de meus pecados ou nesta vida ou no purgatório
RELEXÃO (quando tiverem obtido da bondade de Deus as graças que acabam de lhe pedir, tudo mais obterão em abundância).
CONFESSAR
Eu, pecador muito errado me confesso ao senhor Deus e a Santa Maria e a São Miguel, o anjo e a São João Batista, e a São Pedro e a São Paulo e a São Tomé, e a todos os Santos e Santas da corte do céu, e a voz, padre, digo minha culpa que pequei grandemente por pensamento e por fala e por obra, do muito bem que pudera fazer e não o fiz, e do muito mal de que me pudera apartar e não me apartei. De tudo me arrependo, digo a Deus minha culpa, Senhor, minha culpa, minha grande culpa. Peço e rogo à minha Senhora Santa Maria e todos os santos e santas, que queiram por mim rogar a meu senhor Jesus Cristo que me queira perdoar dos meus pecados presentes, passados, confessados, esquecidos e que, daqui por diante, me de a sua graça, me guarde de pecar e me leve a gozar da glória do paraiso. Amém, Jesus.

CREDO (PERGUNTAR AS FRASES E ESCUTAR A FIRMAÇÃO)
EX: VC CRE EM DEUS PAI TODO PODEROSO.

Exortaçao (animador fazer oração da Igreja )
Cantar a vinda do Espirito Santo (opcional)
Salve – Rainha (cantado a proteção a santissima virgem)


A NOVENA DA GRAÇA
Contigo, SÃO FRANCISCO XAVIER, adoro a Deus Pai, agradecendo-lhe pelos imensos dons e graças que a ti concedeu em vida e pela glória que, hoje, tens no céu. E te suplico, de todo coração, que intercedas junto ao Senhor, para que Ele me dê a graça de participar da salvação de todas as pessoas, de viver e morrer santamente e, neste momento, de (pede-se a graça), segundo Sua vontade e para Sua maior glória.
Amém
Pai nosso – Ave Maria – Glória ao Pai
Roga por nós, São Francisco Xavier
Para que sejamos dignos de participar da missão de Deus no mundo.

Oremos:
Ó Deus, criador e Senhor do universo, tu que criaste o homem à tua imagem e semelhança e o redimiste com o sangue precioso de teu Filho, olha para quantos ainda não te conhecem e, pela intercessão dos santos e da Igreja, não permitas que permaneçam longe de Jesus, nosso Senhor. Tu, que és misericordioso, perdoa toda idolatria e infidelidade, e faze com que todos conheçam aquele que tu enviaste, Jesus Cristo, teu Filho e nosso Senhor. Ele é a nossa vida, salvação e ressurreição; por Ele fomos libertados e redimidos. A Ele a glória por todos os séculos. Amém!
(Oração composta por São Francisco Xavier)

PRECES DA NOVENA
Ant. Veio-lhe um suor como gotas de sangue que corriam à terra; um dos soldados abriu-lhe o lado com uma lança e logo saiu sangue e água.
Animador: Senhor socorrei a vossos servos.
Todos: Que remistes com Vosso Preciosíssimo Sangue.

OREMOS
            Senhor Jesus Cristo, que por amor de nós descestes do céu e derramastes na cruz o Vosso Preciosíssimo Sangue para nossa salvação, nós Vos rogamos humildemente por Vossas cinco chagas e por aquela grande amargura, em que Vossa sacratíssima alma se separou do corpo: pelos merecimentos e pela intercessão de São Francisco Xavier, que teve sempre em seu coração a Vossa amarga paixão, queirais ouvir-nos propício naquilo que pedimos de Vossa infinita misericórdia, que viveis e reinais nos séculos dos séculos. Amém.

Ant. Vossa Imaculada Conceição, ó Virgem, Mãe de Deus, trouxe alegria a todo o mundo, pois de Vós nasceu o Sol da Justiça, Jesus Cristo, Nosso Deus.
Animador: Em Vossa Conceição ficastes imaculada.
Todos: Rogai por nós, ó santa Mãe de Deus.

OREMOS
            Ó Deus que pela Conceição Imaculada da Virgem Maria preparastes a Vosso Filho uma digna habitação, preservando-a em virtude de sua sgrada paixão e morte, de toda a mancha do pecado, nós Vos pedimos, lavai-nos também de nossos pecados por sua intercessão e pela de São Francisco, o qual sempre venerou tão devotamente a Imaculada Conceição, para que tenhamos parte na graça de Deus, tão almejada, por Cristo Nosso Senhor, Amém.

Ant. Santos anjos, tronos e dominações, principados e potestades, virtudes do céu querubins e serafins, louvai ao Senhor e sêde nossos intercessores junto a Deus.
Animador: O Senhor mandou a seus anjos acerca de ti:
Todos: Que te guardem em todos os teus caminhos.

OREMOS
            Ó Deus que com providência admirável assinalais os ministérios aos anjos e aos homens, concedei propício que também nós em nossa vida sejamos guardados por eles, assim como sempre protegeram a São Francisco, e que alcancemos por sua intercessão aquilo que pedimos, por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

Ant. Este é um amador dos irmãos, que muito reza pelo povo e por toda a cidade santa.
Animador: Ao justo conduziu o Senhor por caminhos retos.
Todos: E mostrou-lhe o reino de Deus.

OREMOS
            Deus que quisestes agregar à Vossa Igreja os povos da Índia pela pregação e pelos milagres de São Francisco, concedei-nos propício que de quem veneramos os méritos gloriosos, imitemos também os exemplos das virtudes. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.


Via-Sacra devocional
I ESTAÇÃO
JESUS É CONDENADO À MORTE
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Pilatos tornou a perguntar: “ Que quereis que eu faça, então com o Rei dos Judeus?” Eles gritaram: “ Crucifica-o!” Pilatos lhes disse: “ Que mal fez ele?” Eles, porém gritaram com mais força: “ Crucifica-o!” Pilatos, querendo satisfazer a multidão, soltou Barrabás, mandou açoitar Jesus e entregou-o para ser crucificado. Os soldados levaram Jesus para dentro do Pátio do Pretório e chamaram todo o batalhão. Vestiram Jesus com um manto de púrpura e puseram nele uma coroa trançada de espinhos. E começaram a saudá-lo: “Salve, rei dos Judeus!” Batiam na sua cabeça com uma vara, cuspiam nele e, dobrando os joelhos, se prostaram diante dele (Mc 15, 12-19).

FRANCISCO RENASCE NA CONVERSÃO
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Desde a infância, como não demostrava interesse pela vida militar, cujo destino lhes deram com o sobrenome Xavier, futuro herdeiro do Castelo, para fazer-se rei de Navarra. Mas como era destinado aos estudos, às letras, às ciências, à vida religiosa, aos 18 anos foi estudar na França, Depois de concluir os estudos de Filosofia, devia Francisco estudar outro curso de Teologia para poder seguir a vida sacerdotal, mas devido sua reputação de grande inteligência, concederam-lhe por distinção o cargo de professor de Filosofia logo de imediato ao término do primeiro curso.
Leitor 3: Os progressos de Xavier nas ciências e no mundo lisonjeavam a sua vaidade a ponto de torná-lo surdo à palavra evangélica, que Inácio de Loyola seu colega de quarto, não cessava de lhe recordar “De que serve ao homem, ganhar o universo se vier a perder sua alma”.

A morrer crucificado/ teu Jesus é condenado / Por teus crimes, pecador! (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

II ESTAÇÃO
JESUS CARREGA A CRUZ
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Depois de zombarem dele, tiraram-lhe o manto de púrpura e o vestiram com suas próprias roupas. Então o levaram para crucifica-lo. (Mc 15,20)

VIDA PLENA EM CRISTO - PERFEIÇÃO DE XAVIER
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Dias depois, Francisco declarava-se abertamente como um dos discípulos do seu caro mestre na vida espiritual. Pouco tempo depois, nas férias da Universidade que lecionava, fez um retiro seguindo os Exercícios Espirituais que Inácio, inspirado pelo Céu, havia escrito. Então, Xavier deixou o colégio e afastou-se do bulício do mundo para ir viver durante algum tempo, a sós com Deus, no retiro e na penitência.
Passou os quatro primeiros dias sem tomar alimento algum. A sua pungente dor por ter ofendido a Deus, e o seu desejo de servi-lo dali em diante, eram dois sentimentos tão ardentes da sua alma magnânima e verdadeira, que ele ligava os pés e as mãos, tanto quanto lhe fosse possível, antes da oração, e assim se apresentava em presença de Deus como uma vítima disposta a ser imolada.  Não deixava o cilício (cinza), jejuava todos os dias e orava sem cessar.
Leitor 3: E para consagrar-se a vida missionária fundaram a Companhia de Jesus, que são os missionários Jesuítas, a fim de entregar-se a disposição do Papa para qualquer serviço de missão. Então parte para a Itália para apresentar-se ao Papa, numa peregrinação longa e exaustiva, mas para Xavier, isso era uma mortificação em reparação de seus pecados.

Com a cruz é carregado/ e do peso acabrunhado/ vai morrer por teu amor. (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

III ESTAÇÃO
JESUS CAI PELA PRIMEIRA VEZ
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: De tal forma ele já nem parecia gente, tanto havia perdido a aparência humana, que muitos se horrorizavam com ele, assim também causará surpresa à multidão das nações. Por sua causa, reis levarão a mão à boca, pois estarão vendo coisas que ninguém jamais lhes tinha contado, das quais nunca ouviram falar (Is 52, 14-15)

INICIO DA MISSÃO
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Depois de apresentar-se ao Papa e ficar a sua disposição, inclusive para ser enviado para a Palestina, mas tiveram que esperar algum tempo, pois havia guerra na terra Santa, e por isso não receberam permissão. Enquanto aguardavam, dedicaram-se aos serviços de missão e caridade, pois escolheu habitar em um hospital, e mais, dos doentes graves com lepras incuráveis, com isso, a noite Francisco Xavier zelava dos doentes. 
Leitor 3: Depois de um ano, como a guerra não cessou, os Jesuítas ficaram a disposição para serem enviados para outras missões a disposição do Papa.  Nessa época, de novas descobertas, o rei de Portugal, pediu ao Papa alguns missionários para evangelizar as novas colônias na Ásia, pois tinha interesse de implantar o sistema português nos nativos, e inclusive a Religião.  Então ficou a cargo do Superior na nova ordem religiosa, indicar alguns missionários para esta missão longínqua. Como Francisco era o “braço direito” do mestre Inácio, ele não quisera envia-lo, mas como um dos missionários destinado adoeceu, então, subitamente foi convidado Francisco, que com bastante alegria e humildade aceitou a missão que já a almejava no seu intimo, mas que não se julgava digno de tamanha missão.

Pela cruz tão oprimido/ cai Jesus desfalecido / pela tua salvação. (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

IV ESTAÇÃO
JESUS ENCONTRA SUA MÃE
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Quando os pais levaram o menino Jesus ao templo para cumprirem as disposições da lei, Simeão tomou-o nos braços e louvou a Deus, dizendo: “Agora, Senhor, segundo a tua promessa, deixa teu servo ir em paz, porque meus olhos viram a tua salvação, que preparastes diante de todos os povos: luz para iluminar as nações e glória d eIsrael, teu povo”. O pai e a mãe ficaram admirados com aquilo que diziam do menino. Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe: “ Este menino será causa de queda e de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição – e a ti, uma espada transpassará tua alma! – e assim serão revelados os pensamentos de muitos corações” (Lc 2, 28-35)

XAVIER É TODO PARA DEUS, E NUNCA MAIS VERÁ SUA MÃE
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Quando iniciou a peregrinação da Itália para Portugal, para embarcar na grande missão para a Índia, tinha que atravessar a Espanha, seu país natal. Então quando estava em Pamplona, cidade a apenas 40 km do castelo de Xavier, o companheiro de viagem, propôs-lhe que ele fosse visitar sua mãe, que haviam anos que não a via, mas Francisco não quer perder um pouco de tempo, sequer, para uma rápida visita, mesmo prestes a viajar para uma missão “no outro lado do mundo” em terras recém-descobertas.
Leitor 3: Francisco dizia: Não posso reter nenhum tempo para mim, sou todo para Cristo. Além do mais, a alegria da chegada segue da tristeza da saída.

De Maria lacrimosa! No encontro lastimoso / vê a viva compaixão. (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

V ESTAÇÃO
SIMÃO CIRINEU AJUDA JESUS A CARREGAR A CRUZ
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Enquanto levavam Jesus, pegaram um certo Simão, de Cirene, que voltava do campo, e mandaram-no carregar a Cruz atrás de Jesus (Lc 23,26)

XAVIER REJEITA SER SERVIDO, MAS SERVE INCANSAVELMENTE A TODOS.
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Às vésperas do embarque para a Índia, O rei de Portugal oferece-lhe alguns serviçais para auxiliar a Xavier na Viajem. Mas ele resigna a ordem do rei, e diz:  Peço perdão, senhor, por não poder ceder às vossas tão grandes instâncias; porém, tenho a intenção e mesmo vontade de me servir e de servir os outros o mais possível e conto fazê-lo sem desonrar o meu caráter.”
Leitor 3: Durante a viajem, cedeu o seu quarto no navio, para alojar melhor os doentes, assim como a comida que lhes davam, que pelos cuidados do rei era de melhor qualidade,  Xavier dava aos mais frágeis. Depois de alguns meses no mar, pararam em Moçambique na África para passar o inverno, enterrar os mortos da viagem e remediar os doentes, mas Francisco mesmo fragilizado  dedica-se ainda mais aos doentes no hospital, aponto de ficar doente devido a fraqueza e penitencia.

No caminho do calvário, um auxílio é necessário / não lhe nega o Cirineu (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

VI ESTAÇÃO
VERONICA ENXUGA O ROSTO DE JESUS

Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Muitos dizem: “Quem nos fará provar o bem?” Levanta sobre nós, Senhor, a luz da tua face. Meu coração se lembra de ti: “Buscai minha face”. Tua face, Senhor, eu busco. Não me escondas teu rosto, não rejeites com ira o teu servo. És meu auxilio, não me deixes, não me abandones, Deus meu salvador (Sl 4,7; 27, 8-9).

XAVIER ALEGRA OS HUMILDES COM O ROSTO DE CRISTO
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Assim que chegou na Índia, ficou sabendo de uma região sofrida, habitada por pobres pescadores, então quer estar com eles.
Leitor 3: Disse Francisco: Espero que a obra que empreendo será um poderoso incentivo para as mais tímidas almas, especialmente quando elas vejam e reconheçam que eu, pó e cinza, eu, o homem o mais abjeto, atesto como testemunha ocular, que aquela parte da vinha do Senhor se acha privada de obreiros apostólicos. Ah! Queira Deus que o zelo pela sua glória chame para aqui um grande número! Queira a Deus que eu possa consagrar-me inteiramente ao seu serviço e ser para sempre seu escravo!

Eis o rosto ensanguentado por Verônica enxugado / Que no pano apareceu (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

VII ESTAÇÃO
JESUS CAI PELA SEGUNDA VEZ
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Eram na verdade os nossos sofrimentos que Ele carregava, eram as nossas dores, que levava às costas. E a gente achava que Ele era um castigado, alguém por Deus ferido e massacrado. Mas estava sendo transpassado por causa de nossas rebeldias, estava sendo esmagado por nossos pecados. O castigo que teríamos que pagar caiu sobre Ele; com o seu sofrimento veio a cura para nós... “O Senhor fez cair sobre Ele o peso dos pecados de todos nós.” (Is 53, 4-6)

SÃO FRANCISCO XAVIER AUMENTA O PESO DE SUA CRUZ COM NOVAS MISSÕES
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: A messe é grande e os operários são poucos, dizia o nosso santo padroeiro, pois com ardor missionário queria partir para as terras além das índias portuguesas, mas também o seu zelo apostólico pedia que continuasse no sul da Índia, junto dos pobres donde operara grandiosos milagres, como ate mesmo ressureição de alguns mortos, onde também travava-se uma dolorosa Guerra entre os reis dessas Ilhas e cidades. Xavier fazia de tudo para que os cristãos não fossem massacrados pelos idolatras pagãos, e pensava que na sua ausência, eles não resistissem na fé cristã.
Depois de pedir mais missionários para ficar com aquele povo, Francisco Xavier embarca para implantar a Cruz de Cristo naquelas inúmeras Ilhas da Oceania, terra oculta para os europeus, pois mesmo tendo riquezas a explorar receavam a barbárie pelos nativos.
Leitor 3:  Depois de já conquistar algumas Ilhas e tendo batizado quase 25.000 pagãos em alguns dias, ninguém o quer levar a uma outra Ilha mais distante habitada por pessoas selvagens. Então Xavier disse: “ acho-me resolvido a tentar aquela conquista com perigo da minha vida, auxiliado e armado da minha única esperança em Deus, e de seguir com o apoio da sua graça esta frase do meu Mestre: Aquele que queira salvar a sua alma, a perderá, e aquele que a perder por mim, a ganhará". E afirma: “se não encontrar um navio que me leve, eu irei a nado”.
"Às nações menos selvagens e menos cruéis não faltarão pregadores! As ilhas de Moro são para mim, uma vez que ninguém as quer! E complementa: "Desde a origem da Igreja o Evangelho tem frutificado nas terras incultas do paganismo, muito mais pelo sangue dos mártires do que pelos suores dos missionários. Nada há pois, a recear por mim nas ilhas de Moro; além disto, Deus me chama, os homens não me impedirão de obedecer à sua voz!"

Outra vez desfalecido/  pelas dores abatido / cai por terra o Salvador (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

VIII ESTAÇÃO
JESUS ENCONTRA AS MULHERES E AS CONSOLA
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: “Seguia-o uma grande multidão do povo, bem como de mulheres que batiam no peito e choravam por ele. Jesus, porém, voltou-se para elas e disse: “Mulheres de Jerusalém, não chorais por  mim! Chorai por vós mesmas e por vossos filhos! (Lc 23,28-29)

XAVIER REENCONTRA SEUS PRIMEIROS FILHOS NA ÍNDIA E OS CONSOLA
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Após ter conquistado inúmeros povos para Cristo, inclusive os bárbaros da Ilha de Moro, (que significa Ilha da morte), São Francisco Xavier retorna para a Índia tendo voltado pelos lugares onde havia passado, para mais uma vez revê-los e consolar aqueles que choravam à sua partida.
 E assim descreve numa carta para os irmãos Jesuítas a sua alegria de servir a Cristo em missões tão perigosas, mas grandiosas: "As lágrimas que aqui se derramam são tão deliciosas, que não me recordo de haver experimentado alegrias anteriores que lhes sejam comparáveis! Nunca suportei com tamanha facilidade os trabalhos que me impus; jamais me lancei aos perigos com tanta intrepidez! são outros tantos tesouros donde dimanam imensas consolações.”
Leitor 3: Também Xavier descreve a comoção do povo ao despedir-se novamente, no retorno:
"...Com o fim de diminuir os choros e os lamentos dos meus presados neófitos, quis aproveitar-me do silêncio e da obscuridade da noite para o embarque. Não o pude, porém, conseguir porque o meu projeto foi descoberto, comunicado em segredo, e no próprio momento me vi cercado por todos os filhos que eu havia criado para, Jesus Cristo! E isso enternece o coração de Xavier, ainda mais por imaginar deixa-los sem os auxílios cristãos.
Chegando na India, aqueles que ficaram tristes com sua ausência anos atrás, agora, o esperam na praia, sabendo da sua vinda. Batizados e pagãos, todos o amavam e para demonstrar terno amor e para maior alegria de Xavier, os indianos cantam os louvores cristãos que foram ensinados pelo próprio santo. Eis a maior alegria do nosso Santo, vê que estão firmes na fé e na doutrina.

Das mulheres que choravam / que fieis o acompanhavam / é Jesus consolador (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

IX ESTAÇÃO
JESUS CAI PELA TERCEIRA VEZ
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Oprimido, ele se rebaixou, nem abriu a boca, como cordeiro levado ao matadouro ou ovelha diante do tosquiador, ele ficou calado, sem abrir a boca. Que o sofrimento esmagasse era projeto do Senhor. Se, então, entregar  a sua vida em reparação pelos pecados, ele há de ver seus descendentes, prolongará sua existência, e por ele a bom termo chegará ao projeto do Senhor. (Is 53, 7-10)

XAVIER QUER CONQUISTAR TODO O ORIENTE PARA CRISTO – MAIS UMA GRANDE MISSÃO
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Às alegrias de tornar a ver seus queridos filhos e as consolações das despedidas em terras férteis para o Evangelho não o permitem serem contempladas por mais tempo. Xavier já ouvira falar, quando retornava para a Índia, de uma terra longínqua e desconhecida para os europeus. Então o seu fervor é grandioso, e espera somente o tempo necessário para as diligencias da administração do seminário, conselhos e ordens aos demais missionários jesuítas, cujo Xavier era o Superior Provincial, além de dar satisfações das missões ao rei de Portugal e aos demais jesuítas na Europa, especialmente ao seu mestre Inácio de Loiola, cuja afeição é imensa.
Leitor 3: Um ano depois, reembarca, meios às consolações, para empreender a conquista do Japão, terra pagã, que nunca ouviu o nome de Cristo. Xavier foi o Primeiro europeu a pisar em terras do Japão, e aí tratou, incansavelmente, de implantar o Império de Cristo entre os pagãos idolatras. Durante os dois anos que aí permaneceu, visitou diversas cidades e reinos, onde tratou de converter e batizar os reis a fim de conseguir permissão para evangelizar os vassalos (súditos).  A missão foi difícil, sofreu perseguições a ponto de tentar apedrejá-los, pois pregava contra os adoradores de deuses pagãos e a vida desregrada, sem noção de pecado. Mas quando almejava uma nova missão, ao ouvir falar da China, recebeu carta dos jesuítas na India pedindo a sua volta para cuidar dos afazeres da companhia de Jesus.

Cai terceira vez, prostrado, pelo peso redobrado / Dos pecados e da cruz. (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

X ESTAÇÃO
JESUS É DESPIDO DE SUAS VESTES
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Depois que crucificaram Jesus, os soldados pegaram suas vestes e as dividiram em quatro partes, uma para cada soldado. A túnica era feita sem costura, uma peça só de cima em baixo. Eles combinaram: ‘Não vamos rasgar a túnica. Vamos tirar sorte para ver de quem será. Assim cumpriu-se a Escritura: “Repartiram entre si as minhas vestes e tiraram a sorte sobre minha túnica”. (Jo 19 23-24)

A ÚLTIMA MISSÃO – PERSEGUIÇÃO E TRISTEZA
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Após o retorno do Japão para a Índia, tratou o quanto antes, de resolver as questões da Companhia de Jesus durante os dois meses que aí permaneceu e tornou a empreender uma nova missão, que julgava ser a maior de todas, que era penetrar na proibida e imensa China.
Tendo iniciado a viajem, e deixado a Índia, o mal se manifestou na pessoa do governador de Malaca, península onde contornava para a China, e este fez o máximo possível para atrapalhar esta missão, impedindo que o navio prosseguisse retendo por dois meses parado no porto.
Leitor 3: Uma carta dos prisioneiros portugueses nos terríveis cárceres de Cantão, na China, motivou seu projeto de entrar no impenetrável continente chinês. Se o cristianismo for aceito na China, a Igreja crescerá mais facilmente também no Japão, pensava Xavier. Mas, em Malaca, o capitão Álvaro de Ataíde, almirante dos mares do Oriente, opõe-se à expedição à China. Mudado o plano inicial, o missionário não desiste.

De suas vestes despojado, todo chagado e pisado / Eu vos vejo, meus Senhor (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

XI ESTAÇÃO
JESUS É PREGADO NA CRUZ
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe e a irmã de sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena. Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à mãe: ‘Mulher, eis o teu filho’. Depois disse ao discípulo: ‘Eis a tua mãe!’ A partir daquela hora, o discípulo a acolheu junto de si”. (Jo 19-25-27)

SÃO FRANCISCO XAVIER VÊ TÃO PERTO A CHINA, MAS NÃO PODE ENTRAR
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: Depois de sofrer implacável perseguição e tormentas no mar, enfim Francisco Xavier desembarca numa Ilha da China. Daí em diante qualquer estrangeiro que tentar aproximar-se da China era capturada e preso. Como o navio português não pode prosseguir, Xavier negocia sua entrada na China com um comerciante chinês que veio a negocio para a ilha. Depois de receber de Xavier o valor da viagem, promete que depois de levar sua mercadoria à China, regressaria para levar, às escondidas ainda de madrugada o nosso Santo para enfim, pregar o nome de Cristo pela primeira vez na China.
Leitor 3: Enquanto espera escreve suas últimas cartas com recomendações para os demais missionários na Índia e Europa. Numa das cartas Diz: “Orai por nós, eu vos suplico! porque corremos perigo de uma cruel escravidão: mas estamos consolados e fortificados pela ideia de que vale muito mais ser escravo pelo único amor de Deus, do que comprar as doçuras da liberdade pelo preço de uma baixa e ignóbil fugida da Cruz de Jesus Cristo, e dos trabalhos dolorosos que lhes estão ligados.”

Sois por mim na cruz pregado, insultado e blasfemado / Com cegueira e com furor (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

XII ESTAÇÃO
JESUS MORRE NA CRUZ
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Quando chegou o meio-dia, uma escuridão cobriu toda a terra até às três horas da tarde. Às três da tarde, Jesus gritou com voz forte: “Eloí, Eloí, lemá sabactâni? – que quer dizer “Meu Deus, meu Deus, porque me abandonastes?”– Alguns dos que estavam ali perto, ouvindo-o, disseram: “Vede, Ele está chamando por Elias!”. Alguém correu e ensopou uma esponja com vinagre, colocou-a na ponta de uma vara e lhe deu de beber, dizendo: “Deixai! Vejamos se Elias vem tirá-lo da cruz. Então Jesus deu um forte grito e expirou. Nesse mesmo instante, o véu do santuário rasgou-se de alto a baixo, em duas partes. Quando o centurião, que estava em frente dele, viu que Jesus assim tinha expirado, disse: “Na verdade, este homem era Filho de Deus!” (Mc 15-33-39)

DEPOIS DE PERSEGUIDO E ABANDONADO, XAVIER MORRE COM A CRUZ DE CRISTO AO PEITO
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: A ilha de Sancião, inculta, estéril, desabitada do lado do porto, não oferecia recurso algum em si. Os portugueses, como já dissemos, não podiam estabelecer ali senão pequenas cabanas em que habitavam o tempo necessário para o seu tráfico com os mercadores chineses que ali vinham reunir-se-lhes, e depois da sua partida, aquela parte da ilha era um deserto inabitável, especialmente durante os grandes frios. Com muita ansiedade por estar tão próximo do seu grande objetivo, ficava na praia a olhar aquela China tão próxima, mas proibida.
Leitor 3: Dois meses depois o chinês ainda não tinha retornada e então abatido pelas precariedades de habitação e clima gelado, além da dor e tristeza da espera frustrante, Francisco adoece gravemente. No dia 21 de novembro, celebrou sua última missa quando sua fadiga ainda permitia. Depois, sofreu convulsões fortíssimas a ponto de ficar desacordado. Ele mesmo disse que não duraria muito tempo e profetizou que morreria, numa sexta-feira, 3 de dezembro de 1552, E tomando o seu crucifixo, beija-o com efusão, aperta-o ao coração e parece absorvido no seu amor. A profecia se cumpriu, faleceu a 03 de dezembro de 1552, após proclamar distintamente e em alta voz suas ultimas palavras: In te Domine speravi, non confundar in aeternum!... Que significa: Em Vós espero, Senhor. Não me abandoneis para sempre!
E inclinou-se para ele!... Somente o corpo do ilustre apóstolo do Oriente existia sobre a terra... sua grande alma estava no Céu! ... para sempre!

Senhor Deus, misericórdia! (2X)
Senhor Deus, pequei, Senhor, misericórdia! (2X)
Senhor Deus, pequei, Senhor, mas pela vossa Sagrada Paixão e morte, misericórdia! (2X)
Senhor Deus, pequei, Senhor, mas pelas dores de Vossa Mãe Maria Santíssima, compadecei-vos de nós! (2X)

(nome do lugar ou aqui)  te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

XIII ESTAÇÃO
JESUS É DESCIDO DA CRUZ
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: Já caíra a tarde. Era o dia de preparação ( isto é, a véspera do sábado). Por isso, José de Arimatéia, membro respeitável do sinédrio, que também esperava o Reino de Deus, cheio de coragem foi a Pilatos pedir o corpo de Jesus. Pilatos ficou admirado quando soube que Jesus estava morto. Chamou o centurião e perguntou se tinha morrido havia muito tempo. Informado pelo Centurião, Pilatos entregou o corpo a José (Mc 15 42-45).

A TRISTEZA PELA MORTE DE XAVIER É CONSOLADA PELA VENERAÇÃO DE CORPO SANTO
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: A notícia da morte do Santo Padre Xavier tão amado, entristeceu imensamente todos os portugueses que estavam ancorados no navio Santa-Cruz a beira da praia. Os marinheiros desembarcaram com todo o pessoal do navio porque todos queriam ver e venerar o corpo do grande apóstolo, todos queriam beijar-lhe os pés e as mãos, recomendarem-se às suas orações, e testemunhar-lhe o amor e o reconhecimento que ele havia conquistado de todos os corações!
Leitor 3: O santo corpo foi conservado até ao terceiro dia, domingo, estendido sobre a esteira que cobria o solo da cabana. Então foi revestido com hábitos sacerdotais e posto num esquife (caixão rudimentar). E para apressar a decomposição, pois aqueles que o acompanhavam na hora da morte, não queriam embarcar e deixar abandonado o corpo do Santo Padre tão amado, então encheu-se de cal viva, a fim de que a carne fosse consumida logo e os ossos pudessem ser removidos na volta do navio Santa-Cruz.

Do madeiro vos tiraram, e a mãe vos entregaram / com que dor e compaixão (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

XIV ESTAÇÃO
JESUS É SEPULTADO
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1: José de Arimatéia comprou um lençol de linho, desceu Jesus da cruz, envolveu-o num lençol e colocou-o num túmulo escavado na rocha; depois, rolou uma pedra na entrada do túmulo. Maria Madalena e Maria, mãe de José, observavam onde ele era colocado (Mc 15,46).

CORPO INCORRUPTO, CONSOLIDAÇÃO DA SANTIFICAÇÃO
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: O corpo de Francisco foi sepultado junto a uma cruz no alto da colina da Ilha de Sancião. Levantou-se um montículo de pedras ao lado da cabeça e outro aos pés, e isto foi tudo! Xavier tinha previsto esse triste funeral. Para ele, o sacrifício devia ir mesmo além da morte! Deus nada lhe poupara! Mas bem depressa também nada poupará para manifestar a glória do imortal apóstolo.
Dispondo-se o capitão do navio a fazer-se embarcar para as Índias, depois dos grandes frios, e atendendo aos rogos, o capitão enviou dois dos seus homens com ordem de abrir o esquife e verificar o estado de decomposição do corpo. Esta abertura fez-se a 17 de Fevereiro de 1553, dois meses e meio depois da morte de Francisco Xavier e eis que Encontraram o seu rosto fresco, corado, sereno... o Santo parecia dormir. Um dos homens corta um fragmento de carne, acima do joelho... o sangue salta! Todos rendem graças e concorrem a venerá-lo.
Leitor 3: Após essa grande descoberta faz o translado de seu corpo para a India, mas o impiedoso governador de Malaca, que já havia perseguido Xavier, torna a reter a embarcação e sem poder seguir viagem, tornam a sepultar indignamente aquele Santo corpo, no cemitério dos pobres, lançando-o sem o caixão numa cova apertada, amontoado por pedras que inclusive quebrou uma costela.
Seis meses depois, secretamente, os amigos de Xavier descobriram o precioso corpo e acharam-no tão fresco como se a vida, o não tivesse deixado. Os amigos do nosso Santo prostraram-se diante daquele prodígio, e derramaram lágrimas de sentimento pela profanação de que eram testemunhas. E Disseram: “vamos levá-lo a Providência nos protegerá”.
Na sexta-feira da semana da Paixão, 16 de Março de 1554, finalmente o corpo chega a Goa na Índia, e uma imensa multidão de povo, em procissão vai ao encontro do corpo, na praia. Durante o Translado, Deus permitiu muitos milagres em honra desse grande Santo.

No sepulcro vos puseram, mas os homens tudo esperam / do mistério da Paixão (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)

XV ESTAÇÃO
COM JESUS, REACENDEMOS A NOSSA ESPERANÇA
Animador: Nós vos adoramos, Senhor Jesus Cristo e vos bendizemos
Todos: Porque pela vossa Santa Cruz remistes o mundo

Leitor 1:  “Por que buscais entre os mortos aquele que vive? Não está aqui. Ressuscitou! Lembrai-vos do que ele vos falou, quando ainda estava na Galileia: ‘É necessário o Filho do Homem ser entregue nas mãos dos pecadores, ser crucificado e, no terceiro dia, ressuscitar’”.

A GLORIFICAÇÃO NO CÉU E DEVOÇÃO NA TERRA INTEIRA
Animador: A graça e a paz de nosso Senhor Jesus Cristo esteja convosco
Todos: E a intercessão do nosso Padroeiro, irmão e amigo em Cristo, Francisco.

Leitor 2: O ilustre gigante-havia terminado o seu curso, tinha chegado ao fim. Em dez anos somente, tinha ele transposto espaços tão consideráveis que, segundo os cálculos feitos, se reconheceu que as imensas distâncias percorridas pelo grande apóstolo, bastavam, reunidas umas às outras, para fazer muitas vezes o giro no globo terrestre! [Calcula-se que no decurso do seu apostolado, desde a sua partida de Paris para Veneza, até à morte, o nosso Santo percorrera mais de trinta e cinco mil léguas! Isto é equivalente a 210.000 km].
A devoção como Santo, parece já ter iniciado ainda em vida, pois todos chamavam de “Santo Padre”. Assim foi de imediato depois da morte, a veneração ao corpo, e acrescido por inúmeros milagres, perpetuou-se uma grande devoção, primeiramente na Índia, Malásia, Oceania e Japão, terras de missão. Também na Europa, a fama de santidade começou poucos anos depois da morte, especialmente em Portugal, Itália, França e Espanha, sua terra natal.
Leitor 3: A Igreja proclama oficialmente Xavier como Santo, Padroeiro do Oriente e das missões, em 12 de março de 1622. A vida deste homem sem fronteiras ensina-nos que vale a pena viver e morrer por Jesus Cristo e pelos irmãos.
            Na Resina, foi escolhido como padroeiro em 17 de Julho de 2001, em homenagem ao fundador da fazenda, Francisco Xavier de Lima. E a cada ano, aumenta a nossa devoção, ao conhecer e celebrar a vida do Padroeiro, como modelo de fé e amor a Cristo na vida missionária.

Vitória tu reinarás! / Òh, cruz, tu nos salvarás (bis)
(nome do lugar ou aqui) te louvamos Xavier homem de Deus /suas graças de pedimos abençoes os filhos seus (bis)


DEZ SEXTAS-FEIRAS

Como rezar esta devoção: Faz-se em 10  sextas-feiras seguidas, como promessa para obter alguma graça, meditando os 10 anos de missão de SFX no Oriente.

Pai Nosso (10 vezes)
Pai nosso que estás nos céus; santificado seja o teu nome; ve­nha a nós o teu reino; seja feita a tua vontade, assim como nos céus, na terra. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje, e perdoa-nos as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores, e não nos tragas em tentação, mas livra-nos de todo o mal.

Ave-Maria (10 vezes)
Deus te salve, Maria, cheia de graça, o Senhor é contigo; ben­dita és tu entre as mulheres e bento é o fruto do teu ventre, Jesus.
Santa Maria, Mãe de Deus, roga por nós pecadores, agora e à hora da minha morte. Ámen.

Glória (10 vezes)
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, Amem.

OBS.: Reza as três orações em sequência e depois recomeça.
Esta devoção consiste na recitação de dez Pai Nosso, Ave e Glória ao Pai em honra dos dez anos de apostolado de S. Francisco Xavier nas Índias. Este exercício deve ser renovado dez sextas-feiras seguidas.

LADAINHA DE SÃO FRANCISCO XAVIER
_________________________________________________________________
Senhor,                                   tende piedade.
Cristo,                                                tende piedade.
Senhor,                                   tende piedade.
Cristo,                                                ouvi-nos.
Cristo,                                                atendei-nos.

Deus, o Pai do céu,                                                                                       tende piedade de nós.
Deus Filho, Redentor do mundo,                                                                 tende piedade de nós.
Deus, o Espírito Santo,                                                                                 tende piedade de nós
Santíssima Trindade, um só Deus,                                                               tende piedade de nós.

Santa Maria, Virgem Mãe de Deus,                                                                         rogai por nós.
Santo Inácio, fundador da Companhia de Jesus,                                                     rogai por nós.
São Francisco Xavier, a glória e o segundo pilar do Instituto Santo,                      rogai por nós.
Apóstolo das Índias e do Japão,                                                                              rogai por nós.

Legado da Santa Sé Apostólica,                                                                              rogai por nós.
Pregador da verdade e doutor das nações,                                                              rogai por nós.
Vaso de eleição, para levar o Nome de Jesus Cristo para os reis da terra,               rogai por nós.
Brilhando a luz para os que estavam sentados na sombra da morte,                       rogai por nós.

Cheio de zelo ardente pela glória de Deus,                                                              rogai por nós.
Incansável propagador da fé cristã,                                                                         rogai por nós.
Vigilante pastor de almas,                                                                                        rogai por nós.
Meditador constante sobre as coisas divinas,                                                          rogai por nós.

Fiel seguidor de Jesus Cristo,                                                                                   rogai por nós.
Amante ardente da pobreza evangélica,                                                                  rogai por nós.
Observador perfeito da obediência religiosa,                                                           rogai por nós.
Abrasado com o fogo do Amor Divino,                                                                  rogai por nós.

Generosamente desprezava todas as coisas terrenas,                                               rogai por nós.
Guia dos poderosos, no caminho da perfeição,                                                       rogai por nós.
Modelo de homens apostólicos,                                                                               rogai por nós.
Modelo de todas as virtudes,                                                                                               rogai por nós.

Luz dos infiéis e mestre dos fiéis,                                                                            rogai por nós.
Anjo em vida e costumes,                                                                                        rogai por nós.
Patriarca de carinho e o cuidado do povo de Deus,                                                            rogai por nós.
Profeta poderoso em palavras e obras,                                                                     rogai por nós.

Quem todas as nações e da Igreja têm associado a uma só voz...
...com o coro glorioso dos Apóstolos,                                                                      rogai por nós.
Tu que foste adornado com a coroa dos castos,                                                      rogai por nós.
Quem aspirava a palma dos mártires,                                                                       rogai por nós.
Confessor, em virtude da vida e da profissão,                                                         rogai por nós.

A quem os ventos e o mar obedeceu,                                                                       rogai por nós.
Quem tomou de assalto as cidades que se revoltaram contra Jesus Cristo,                         rogai por nós.
Que foste o terror dos exércitos de infiéis,                                                              rogai por nós.
Castigo de demônios e destruidor de ídolos,                                                           rogai por nós.

Poderosa defesa contra naufrágio,                                                                           rogai por nós.
Pai dos pobres e refúgio dos miseráveis,                                                                  rogai por nós.
Vista aos cegos e os coxos,                                                                                      rogai por nós.
Protetor em tempo de guerra, fome e peste,                                                            rogai por nós.
Maravilhoso trabalhador de milagres,                                                                      rogai por nós.

Que foste dotado com o dom de línguas,                                                                rogai por nós.
Que foste dotado com o maravilhoso poder de ressuscitar os mortos,                    rogai por nós.
Ressonante trombeta do Espírito Santo,                                                                  rogai por nós.
Luz e glória do Oriente,                                                                                           rogai por nós.
Através da cruz, que tu tantas vezes levantaste entre os gentios,                            rogai por nós.

São Francisco Xavier,                                                           nós te rogamos,                      ouvi-nos.
Através da fé, que tu tão maravilhosamente propagava,      nós te rogamos,                      ouvi-nos.
Através de teus milagres e profecias,                                    nós te rogamos,                      ouvi-nos.
Através dos perigos e naufrágios que tu suportou,               nós te rogamos,                      ouvi-nos.

Através das dores e trabalhos, no meio dos quais tu tão ardentemente exclamar:
"Ainda mais! Ainda mais!"                                                   nós te rogamos,                      ouvi-nos.
Através de teus arroubos celeste, no meio dos quais tu tão fervorosamente exclamava:
"Chega, chega, Senhor, o suficiente!"                                   nós te rogamos,                      ouvi-nos.
Através da glória e felicidade que agora tu desfrutas no Céu, nós te rogamos,                  ouvi-nos.

Amigo do Noivo celeste,                                                                                       intercedei por nós.
São Francisco Xavier, amado de Deus e dos homens,                                          intercedei por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,                                                     Perdoai-nos, Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,                                                  Atendei-nos, ó Senhor.
Cordeiro de Deus, que tirais os pecados do mundo,                                                   Tende piedade de nós.
Cristo,                                                                                                                                               ouvi-nos.
Cristo,                                                                                                                                           atendei-nos.

Rogai por nós, São Francisco Xavier,           Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oremos
Ó Deus, que pela pregação e milagres de São Francisco abençoado tiveste o prazer de adicionar a Tua Igreja as nações das Índias, misericordiosamente concedei que nós, que veneramos os seus méritos gloriosos possamos imitar as suas virtudes, através de Nosso Senhor Jesus Cristo Teu Filho, Quem contigo e o Espírito Santo vive e reina, um só Deus, mundo sem fim. Amém

OFICIO DE SÃO FRANCISCO XAVIER, PRESBÍTERO
Memória
 Nasceu na Espanha, em 1506; quando estudante em Paris, tornou-se companheiro
de Santo Inácio. Foi ordenado sacerdote em Roma, em 1537, e dedicou-se às
obras de caridade. Partindo em 1541 para o Oriente, durante dez anos evangelizou,
incansavelmente, a Índia, Malásia, Oceania e o Japão, convertendo multidões à fé cristã. Morreu em 1552, na ilha chinesa de Sancião.

Ofício das Leituras

 Animador: Vinde, ó Deus em meu auxílio.
 Todos: Socorrei-me sem demora.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino


 Cristo Pastor, modelo dos pastores,
comemorando a festa deste Santo,
a multidão fiel e jubilosa,
vosso louvor celebra neste canto.

Feito por Deus ministro e sacerdote,
associado ao vosso dom perfeito,
bom despenseiro, foi por vós chamado
a presidir o vosso povo eleito.

Do seu rebanho foi pastor e exemplo,
ao pobre alívio e para os cegos luz,
pai carinhoso, tudo para todos,
seguindo em tudo o Bom Pastor Jesus.

Cristo, que aos santos dais nos céus o prêmio,
com vossa glória os coroando assim,
dai-nos seguir os passos deste mestre
e ter um dia um semelhante fim.

 Justo louvor ao Sumo Pai cantemos,
e a vós, Jesus, Eterno Rei, também.
Honra e poder ao vosso Santo Espírito
no mundo inteiro, agora e sempre. Amém.
 SALMODIA

SALMO 20(21),2-8.14


Ant. 1 - Quem quiser ser o primeiro,
seja o servo, seja o último. Aleluia.

2 Ó Senhor, em vossa força o rei se alegra;
quanto exulta de alegria em vosso auxílio!
O que sonhou seu coração, lhe concedestes;
não recusastes os pedidos de seus lábios.


4 Com bênção generosa o preparastes;
de ouro puro coroastes sua fronte.
–5 A vida ele pediu e vós lhe destes,
longos dias, vida longa pelos séculos.

É grande a sua glória em vosso auxílio;
de esplendor e majestade o revestistes.
Transformastes o seu nome numa bênção,
e o cobristes de alegria em vossa face. –

Por isso o rei confia no Senhor,
e por seu amor fiel não cairá,
14 Levantai-vos com poder, ó Senhor Deus,
e cantaremos celebrando a vossa força!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém


SALMO 91(92)


Ant. 2
Quando vier o supremo Pastor de nossas almas,
recebereis a coroa de glória imperecível. Aleluia.

–2 Como é bom agradecermos ao Senhor
e cantar salmos de louvor ao Deus Altíssimo!
–3 Anunciar pela manhã vossa bondade,  
e o vosso amor fiel, a noite inteira,
–4 ao som da lira de dez cordas e da harpa,  
com canto acompanhado ao som da cítara.
–5 Pois me alegrastes, ó Senhor, com vossos feitos,
e rejubilo de alegria em vossas obras.
–6 Quão imensas, ó Senhor, são vossas obras,
quão profundos são os vossos pensamentos!
–7 Só o homem insensato não entende,
só o estulto não percebe nada disso!
-8 Mesmo que os ímpios floresçam como a erva,
ou prosperem igualmente os malfeitores,
– são destinados a perder-se para sempre.
9 Vós, porém, sois o Excelso eternamente!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. 
/ Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
Ant. 3
Servo bom e fiel,
vem entrar na alegria de Jesus, teu Senhor. Aleluia.

-10  Eis que os vossos inimigos, ó Senhor, †
eis que os vossos inimigos vão perder-se,
e os malfeitores serão todos dispersados.
–11 Vós me destes toda a força de um touro,
e sobre mim um óleo puro derramastes;
–12 triunfante, posso olhar meus inimigos,
vitorioso, escuto a voz de seus gemidos.
–13 O justo crescerá como a palmeira,
florirá igual ao cedro que há no Líbano;
–14 na casa do Senhor estão plantados,
nos átrios de meu Deus florescerão.
–15 Mesmo no tempo da velhice darão frutos,
cheios de seiva e de folhas verdejantes;
–16 e dirão: “É justo mesmo o Senhor Deus:
meu Rochedo, não existe nele o mal!”



– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. / Como era no princípio, agora e sempre. Amém.



Animador: Ouvirás uma palavra de meus lábios. Aleluia.
Todos: E haverás de transmitir-lhes em meu nome. Aleluia.

Leitura da Primeira Carta de São Pedro (5,1-11 )

Deveres dos pastores e dos fiéis
 Exorto aos presbíteros que estão entre vós, eu, presbítero como eles, testemunha dos sofrimentos de Cristo e participante da glória que será revelada: 2 Sede pastores do rebanho de Deus, confiado a vós; cuidai dele, não por coação, mas de coração generoso; não por torpe ganância, mas livremente; não como dominadores daqueles que vos foram confiados, mas antes, como modelos do rebanho. Assim, quando aparecer o pastor supremo, recebereis a coroa permanente da glória.
            5 Igualmente vós, jovens, sede submissos aos mais velhos. Revesti-vos todos de humildade no relacionamento mútuo, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes.
            Rebaixai-vos, pois, humildemente, sob a poderosa mão de Deus, para que, na hora oportuna, ele vos exalte. Lançai sobre ele toda a vossa preocupação, pois é ele quem cuida de vós. Sede sóbrios e vigilantes. O vosso adversário, o diabo, rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar. Resisti-lhe, firmes na fé, certos de que iguais sofrimentos atingem também os vossos irmãos pelo mundo afora.
            10 Depois de terdes sofrido um pouco, o Deus de toda a graça, que vos chamou para a sua glória eterna, em Cristo, vos restabelecerá e vos tornará firmes, fortes e seguros. 11 A ele pertence o poder, pelos séculos dos séculos. Amém.
Responsório 1Cor 4,1-2; Pr 20,6

Animador: Considerem-nos os homens servidores do Senhor e administradores dos mistérios de Deus.
Todos: Aquilo que se espera de um administrador é que seja ele fiel.

Animador: Muitos se dizem “homens de bem”; mas onde está o homem fiel?
Todos: Aquilo que se espera de um administrador é que seja ele fiel



SEGUNDA LEITURA
Leitura das Cartas de São Francisco Xavier a Santo Inácio de Loyola [1542] e  [1544])

Ai de mim, se não evangelizar!
Percorremos as aldeias de neófitos, que receberam os sacramentos cristãos há poucos anos. Esta região não é cultivada pelos portugueses, já que é muito estéril e pobre; e os cristãos indígenas, por falta de sacerdotes, nada sabem a não ser que são cristãos. Não há ninguém que celebre para eles as sagradas funções; ninguém que lhes ensine o Símbolo, o Pai-nosso, a Ave-Maria e os mandamentos da Lei de Deus.
Desde que aqui cheguei, não parei um instante: visitando com freqüência as aldeias, lavando na água sagrada os meninos não batizados. Assim, purifiquei grandíssimo número de crianças que, como se diz, não sabem absolutamente distinguir entre a direita e a esquerda. Estas crianças não me permitiram recitar  ofício divino, nem comer, nem dormir, enquanto não lhes ensinasse alguma oração; foi assim que comecei a perceber que delas é o reino dos céus. 
À vista disto, como não podia, sem culpa, recusar pedido tão santo, começando começando pelo testemunho do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinava-lhes o Símbolo dos Apóstolos, o Pai-nosso e a Ave-Maria. Observei que são muito inteligentes; se houvesse quem os instruísse nos preceitos cristãos, não duvido que seriam excelentes cristãos.
Nestas paragens, são muitíssimos aqueles que não se tornam cristãos, simplesmente por faltar quem os faça tais. Veio-me muitas vezes ao pensamento ir pelas academias da Europa, particularmente a de Paris, e por toda a parte gritar como louco e sacudir aqueles que têm mais ciência do que caridade, clamando: "Oh! Como é enorme o número  dos que excluídos do céu, por vossa culpa se precipitam nos infernos!"
Quem dera que se dedicassem a esta obra com o mesmo interesse com que se dedicam às letras, para que pudessem prestar contas a Deus da ciência e dos talentos recebidos!
Na verdade, muitos deles, impressionados por esta idéia, entregando-se à meditação das realidades divinas, talvez estivessem mais preparados para ouvir o que Deus diria neles: abandonando as cobiças e interesses humanos, se fizessem atentos a um aceno ou vontade de Deus. Decerto, diriam de coração: Aqui estou, Senhor; que devo fazer? (At 9,10; 22,10). Envia-me para onde for do teu agrado, até mesmo para a Índia.
RESPONSÓRIO LC 1,2; AT 1,8

Animador: É grande a colheita e os operários são poucos.
Todos: Por isso pedi ao Senhor da colheita que mande operários à sua colheita.

Animador:  Recebereis vossa força do Espírito, que haverá de descer sobre vós; e sereis testemunhas de mim até os extremos da terra.
Todos: Por isso pedi ao Senhor da colheita que mande operários à sua colheita.
ORAÇÃO
Ó Deus, que pela pregação de São Francisco Xavier conquistastes para vós muitos povos do oriente, concedei a todos os fiéis o mesmo zelo, para que a santa Igreja possa alegrar-se com o nascimento de novos filhos em toda a terra. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

CONCLUSÃO DA HORA
Animador: Bendigamos ao Senhor.
Todos: Demos graças a Deus.